Assinatura RSS

Alemanha 4 X 0 Argentina e Espanha 1 X 0 Paraguai: Choradona e La Furia

Publicado em

Nem toda o ofensividade da Argentina, nem Messi ou Maradona conseguiram impedir uma das maiores vergonhas da Copa, para eles e que nos fez esquecer o Brasil eliminado. O primeiro gol da Alemanha saiu bem rapido, aos 4 minutos, em uma falta cobrada por Schweinsteiger e desvida em Müller. Depois a Alemanha comandou, criando ainda uma ótima chance para Klose, que desperdisou. Foi só aos 30 minutos que a Argentina consegiu atacar um pouco, mas não era o suficiente. A Argentina atacou um pouco no começo do segundo tempo, mas qunado Podolski avançou e tocou para Klose marcar, a Argentina ficou desesperada e com as alterações de Maradona, a defesa piorou. Ai Schweinsteiger cruzou para o zagueiro Friedrich marcar. Mas ainda tinha mais um, de Klose, que apenas um abaixo de Ronaldo. Então todos nós podemos diser: CHUPA MARADONA!

FICHA TÉCNICA

CARTÕES AMARELOS: Otamendi (ARG); Müller (ALE)
GOLS: Müller (0-1), aos 3’/1ºT; Klose (0-2), aos 23’/2ºT; Friedrich (0-3), aos 28’/2ºT; Klose (0-4), aos 42’/2ºT

ARGENTINA: Romero; Otamendi (Pastore, 24’/2ºT), Demichelis, Burdisso e Heinze; Mascherano, Maxi Rodríguez e Di María (Agüero, 30’/2ºT); Messi, Tévez e Higuaín
Técnico: Diego Maradona

ALEMANHA: Neuer; Lahm, Friedrich, Mertesacker e Boateng (Jansen, 27’/2ºT); Khedira (Kroos, 31’/2ºT), Schweinsteiger, Müller (Trochowski, 38’/2ºT), Özil e Podolski; Klose
Técnico: Joachim Löw

Paraguai se despede dessa campanha história com a certeza de quase desbancarem a Espanha, uma das favoritas dessa Copa. O Paraguai começou dominando a partida, e demorou para La Furia criar jogadas boas, que só consegiu no fim do primeiro tempo, ao contrario do Paraguai. Os paraguaios tentaram de tudo, e até fizeram um gol, mas Valdez estava impedido. No segundo tempo, apareceram dois penaltis, um para cada equipe: para o Paraguai, Cardozo cobra mal e Cassillas pega; para a Espanha, Villa marca, mas o juiz manda voltar, e na segunda o goleiro defende. Depois disso, ambas as equipes foram para o ataque, mas La Furia, que já tinha acertado a trave com Pedro, marca um gol sofrido no fim, que bateu em todas as traves e entrou. E foi assim que a Copa das Américas virou Eurocopa.

FICHA TÉCNICA
Cartões amarelos: Alcaraz, Victor Cáceres, Morel Rodríguez e Santana (PAR); Piqué e Busquets (ESP)
Cartões vermelhos:
Gol: Villa 38/2ºT (0-1)

PARAGUAI: Villar, Veron, Da Silva, Alcaraz e Morel Rodríguez; Victor Cáceres (Barrios 40/2ºT), Riveros, Santana e Barreto (Vera 18’/2ºT); Valdez (Santa Cruz 27’/2ºT) e Cardozo – Técnico: Gerardo Martino.

ESPANHA: Casillas, Sergio Ramos, Piqué, Puyol (Marchena 40’/2ºT) e Capdevila; Busquets, Xabi Alonso (Pedro 29’/2ºT), Xavi e Iniesta; Fernando Torres (Fábregas 11’/2ºT) e Villa –Técnico: Vicente del Bosque.

Anúncios

Sobre 64rogerthat64

Sou cinéfilo(viciado em filme), devorador de livros, rockeiro e mais importante: SOU SÃO PAULINO!!!!!!

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: