Assinatura RSS

Arquivo do mês: abril 2011

Pra quem você vendeu sua alma, Chris Paul?

Publicado em

Chris Paul, com essa carinha de Santo não me engana...

           Caramba… hoje o dia na NBA tá igual intestino de criança, primeiro o primeiro da conferência perdeu… depois o meu Los Angeles Lakers perdeu pro Chris Paul, o cara tava possuído, fez pacto com o Zé do Caixão, só pode… 34 pontos, 7 rebotes, 14 assistências, 4 roubos de bolas e apenas 2 erros, Sensacional, ele ainda guardou 18 pontos no último quarto pra fechar o caixão de vez do Lakers, ou apenas Kobe Bryant que fez seus solitários 34 pontos.

Vamos por partes: O Lakers não foi o Lakers, e o Hornets não foi o Hornets, onde que o um time que já não é bom, perde o David West, consegue dar um coro no Lakers, e onde um time completo que venceu  o outro 4 vezes na temporada regular, perde? Uma dúvida que nem  os grandes filósofos são capazes de responder… mas o Chris Paul e o Zé do Caixão sabem, o primeiro  fato para a derrota do Lakers, foi o Gasol, voltar a ser o ” Gasoft”, a namorada do cara é mó linda… se eu fosse o Phil Jackson proibiria SEXO nos playoffs… porra o cara gasta toda energia dando uma bimbada e não consegue jogar, só para se ter uma idéia do tamanho  do desespero, o Aaron Gray ( quem é esse Pokemon?) fez 12 pontos, o Carl Landry 17, todos nas costas, pernas, penis e cabeça do Pau Gasol, não estou querendo culpar o Gasol por tudo, mas só cobre de quem você espera alguma coisa, no ataque o espanhol fez míseros 8 pontos.  Andrew Bynum fez sua parte pelo tempo que jogou 25 minutos, 13 pontos 9 rebotes e 2 tocos, Ron Artest 16 pontos e 11 rebotes, mas uma coisa que o Lakers realmente precisa pensar é em colocar Kobe para marcar o Paul, quem não lembra nos playoffs do ano passado que ele parou o Westbrook, então é isso… ou essa defesa e essa vontade melhoram, ou Tchau-Tchau 3 peat.

Estatistica Inútil: Sempre que o Phil Jackson ganha o primeiro jogo da série, ele fatura, mas ele perdeu, e na última vez que ele perdeu  o primeiro jogo em 2008 para o Boston Celtics, o Lakers perdeu o título… então… Vamos contratar o Pai Xoxó para o Lakers.

Anúncios

A zebra passeou no Texas.

Publicado em

Sim, ela está nos Play-offs

A zebra acaba de passar pelas quadras texanas. E sabe quem não ficou nem um pouco feliz com isso? Sim,  Popovic acabou de dizer, em entrevista coletiva, que está muito bravo com todos os jogadores dos Spurs, e  tomará medidas drásticas para melhorar o rendimento do seu time: Todos estão proibidos de assistirem ao Discovery Kids e de jogarem Game Boy Color, até que ganhem do todo poderoso Memphis Grizzlies.

É, o papai Pop é um pouco mau, afinal, o San Antonio não contou com Manu Ginobili, o melhor jogador da creche. Certamente, com o argentino em quadra, o time texano ganharia dos Grizzlies no Texas.

Porém, o problema dos Spurs talvez não seja o que jogou, mas, sim, o mando que perdeu. Com a derrota de hoje, o time terá que ganhar uma partida fora de casa para passar de fase. Tudo bem, muitos devem achar que a tarefa não é tããão dificil assim, mas o Memphis provou que se deixarem, eles passam de fase, xingam sua mãe, e ainda cospem na sua cara, sem o menor ressentimento.

No começo do post, foi dito que, com Ginobili, o SAS ganharia do Memphis no Texas. Mas será que, mesmo com o ‘El Narigon’, os Spurs conseguirão reverter o mando de quadra? Provavelmente, sim. Porém, agora, o Memphis Grizzlies está empolgado e sua torcida também.

Os Spurs complicaram uma série que tinha tudo para ser tranquila. Um desgaste muito grande nessa fase pode dificultar as coisas mais pro final, principalmente, porque o San Antonio não é um time de adolescentes cheios de disposição(embora assistam Ben10), é um time velho. Duncan não é mais o mesmo de anos atrás, está fazendo sua pior temporada desde que chegou na NBA.

Será que o San Antonio dá a volta, ou a zebra vai passear, mais uma vez, nos play-offs?

Analise dos playoffs… Oeste: Denver Nuggets e Oklahoma City Thunder

Publicado em

todos amigos... que alegria

             Aiiiiiii achei uma série boa para assistir, Denver e Oklahoma… essa série vai fazer eu gastar meu estoque todo de Trakinas e de Salgadinhos, tem tudo para ser a série mais empolgante  da primeira rodada dos palyoffs, tão empolgante quanto hipismo, de um lado o time dos pentelhos que jogam muito do Oklahoma, do outro o time mais coletivo da NBA ( é meio irônico dizer isso, já que eles tem o J.R Smith), dois times rápidos e com força no garrafão, série booooooooooa.

          O time do Denver melhorou de forma assustadora depois da troca que tirou  Carmelo Anthony e Chauncey Billups do time, você deve me chamar de doido né, como um time que perdeu dois jogadores de primeiro escalão conseguiu melhorar… simples agora o time  só precisa de uma bola para jogar, o Denver é o time mais altruista da NBA, podiam até participar da campanha do Criança Esperança, todos de mãos dadas e felizes, só para se ter uma idéia no jogo contra o Warrios 9 jogadores do Denver marcaram 10 ou mais pontos, apenas Monta Ely que participou de dois minutos não conseguiu pontuar, Danilo Galinarri, J.R Smith, Wilson Chandler e Aaron Afllalo, são quatro excelentes jogadores, deles o Denver pode esperar 50 pontos, mas pena que alguns vão ter pouco tempo de quadra, Afflalo está voltando de lesão e é queridinho do treinador, J.R Smith é um psicopata que se estiver em um dia bom, ganha o jogo sozinho, mas se tiver em um dia ruim, fudeu tudo , Galinarri é um jogador que eu gosto muito, é um jogador que  faz sua parte bem, e por incrivel que pareça é decisivo, Wilson Chandler é outro jogador que chama a atenção, seu estilo é igual ao de Melo, mas ele não tem o dinheiro, as mulheres ou a bandana legal do Carmelo, na armação dois jogadores também excepcionais, Ty Lawson e Raymond Felton, dois caras que juntos podem envolver qualquer parede defensiva, Lawson aprendeu a arremessar de 3 do meio do nada, fazendo 10 bolas de 3 seguidas em um jogo, e Felton  é um armador puro e rápido, quando precisa sabe cadenciar também, já no garrafão o Denver tem a defesa como forte Kennyon Martin e Nenê quebram qualquer um, dois bruta montes, bombados que não tem medo de ninguém e que tambem  sabem atacar quando necessário, Nenê é  o jogador de confiança do Denver, quando o jogo tá apertado joga a bola nele que pontuando ou dando assistência ele ajuda, já o Martin faz sua parte com arremessos bons de média distância, ainda temos o Al Harrington que quando quer faz alguma coisa útil além de mostrar sua beleza assustadora de crianças, ainda temos o “The Birdman” Chris Andersen que defende até mendigo da policia, mas com esse time fodão, como o Denver não é cotado para vencer a série? Muitos dizem que na hora da decisão o Denver não terá um cara para isso, os mais indicados são Nenê e Galinarri, mas nenhum inspira a confiança de Carmelo Anthony ou Chauncey Billups, e como o própio George Karl sabe, o Thunder é o time que todos odeiam jogar contra, são rápidos, forte e novos  o pior adversário que eles desejavam.

           O Oklahoma também reformou o time no meio da temporada, tocou o  jogador mais verde do time Jeff Green ( trocadilho horrível) e Nenad Krstic o Pau Gasol sérvio com nariz grande, por Kendrick Perkins e também trouxeram Nate Robinson e Nazr Mohamed, todos os especialistas e até eu que sou um Zé Ninguém, sabíamos que para o Thunder ser candidato ao título faltava fortalecer o garrafão, agora eles tem um garrafão não tão bom no ataque mas que defende muito, Perkins é aquele cara que perto da cesta da tapa até na sua mãe, tenta impedir a cesta de qualquer jeito, e quando não consegue, tem o Ibaka que pula igual uma pantera para dar o toco, e no ataque o africano também melhorou muito, arremessando bem do perímetro e enterrando na cabeça de quem ele quiser, realmente virou uma ameaça, no duelo individual, não acho que nenhum deles, vencerá o Nenê, Perkins e o brasileiro se odeiam é capaz de ter briga até, já o Ibaka contra o Kennyon  Martin vai ser legal, dois jogadores parecidos, mas só que Ibaka é novo e Kennyon é do tempo onde a bola era de pedra ainda, mas fora do garrafão é que mora a força do Thunder, com os pentelhos Russel Westbrook e Kevin Durant, que juntos destroem qualquer time, com qualquer defensor, Durant mais uma vez cestinha da temporada, melhor jogador do mundial e futuro MVP, apostava nele com MVP já nessa temporada, mas o prêmio será do Rose, se ele não for MVP em 3 temporadas, me cobrem uma bala de canela, já o Westbrook vem melhorando a cada dia, o cara enterra muito, vai pra cima até do saudoso Manute   Boll ( 2,31  tinha a criança), e melhorando seus arremessos longos, é um jogador completo, além de tudo ainda passa muito bem a bola, o outro jogador do perímetro é Tabo Sefolosha , um  bom defensor e nada mais, pode para um dos 5 jogadores bons do perímetro do Denver, ainda temos o James Harden, que melhorou meio inexplicavelmente, e faz sua parte de pontuar bem, mas não defende, ai que mora o problema, se no garrafão, eles tem boas chances de vencer, no perímetro vai ser complicado defender, tanto Denver quanto o Oklahoma só tem o perímetro bom no ataque, na defesa pouco  vão ajudar.

         Essa série to palpitando meio sem certeza, mas acho que o Denver coletivo vence por 4 a 3 

Analise dos Playoffs… Oeste: Los Angeles Lakers e New Orleans Hornets

Publicado em

Vocês vão mais assistir do que jogar

 O Lakers nessa temporada foi uma grande montanha russa, o time perdeu jogos ridiculos em casa, como para o Milwake Bucks com show do gigante de 1.60, Earl Boykins, e deu um show no Spurs em pleno AT&T Center, mas esqueçam tudo isso… O Lakers é time de Playoffs… já o Hornets fez uma temporada que todos esperavam: Razoável, Chris Paul é bom de mais, meio limitado por uma sequência de lesões, nessa temporada fez sua parte.

            O New Orleans Hornets, foi o último time a perder a invencibilidade, começou com uma campanha de 8-0, o time do técnico novato Monty Williams, caiu, subiu, mas sempre manteve uma regularidade legal, fez uma campanha de 46 vitórias para 36 derrotas, mas vamos falar a verdade, eles não vencem o Lakers nem se o DJ Mbenga jogar, o time é bom, mas bom para vencer o Lakers não dá, na armação Chris Paul vai humilhar Derek Fisher ou Trey Johson, mas é só, a esperança do garrafão da equipe David West se machucou, Carl Landry não vai ser nem de se comprar pó de mico, o Gasol sentir cócegas, Emeka Okafor não é melhor que o Bynum nem ferrando, Marco Belinelli não irá parar o Kobe, infelizmente o Hornets vai levar um massacre do Lakers.

      Time Titular:

    Chris Paul ( PG )

    Marco Belinelli ( SG)

    Trevor Ariza ( SF )

    Carl Landry ( PF )

    Emeka Okafor ( Center )

    

     O Lakers  é aquele time que joga a temporada regular por obrigação, todos sabem que na hora que o chicote estala, Kobe Bryant e seus servos são fodões, o Hornets é o adversário que o Lakers pediu  aos céus, um freguês, um time sem garrafão, sem carisma e sem chance de vencer, Kobe teve uma redução de minutos na temporada regular, para ser o jogador do Lakers nos playoffs, e o Black Mamba nunca decpciona, Pau Gasol, Andrew Bynum e Lamar Odom formam o melhor garrafão da NBA, Ron Artest é um cachorro louco na defesa, Matt Barnes outro pastor alemão com dentes menores, na armação Derek Fisher não vai segurar o CP-3, Trey Johnson vai só fazer volume ao banco, Shannon Brown foi tão inconstante quanto o Lakers nessa temporada, mas é uma válvula de escape do time, enquanto Steve Blake está machucado ( Catapora), o Lakers é muuuuuuuuuuuuuito favorito, nem deu pra escrever tanto por que acho que a série será muito fácil mesmo. Lakers 4 a 0.

Calendário

17/04  New Orleans Hornets X Los Angeles Lakers

20/04 New Orleans Horntes X Los Angeles Lakers

22/04 Los Angeles Lakers X New Orleans Hornets

24/04 Los Angeles Lakers X New Orleans Hornets

26/04 New Orleans Horntes X Los Angeles Lakers (*)

28/04 Los Angeles Lakers X New Orleans Hornets (*)

30/04 New Orleans Hornets X Los Angeles Lakers ( *)

(*) Se necessário

Analise dos Playoffs… Oeste: Memphis Grizzlies e San Antonio Spurs

Publicado em

Se você não der meu Hamburguer, MORRE!

       Finalmente chegou a hora… os playoffs da NBA começam nessa sábado, e euzinho aqui farei ( ou tentarei) fazer uma analise sobre as séries, vou começar com San Antonio Spurs e Memphis Grizzlies.

      Memphis sem Rudy Gay e o Spurs sem o Manu Ginobili… Vamos começar analisando o Grizzlies… O Time jovem finalmente cresceu, Marc Gasol e Mike Conley evoluiram bem, o gordinho do Randolph tá jogando basquete, como se o jogo fosse um prato de Bacon, tem ainda o Tony Allen, O.J Mayo se complicou nessa temporada, perdeu muuuuuuuuuuito espaço, simplesmente porque não sabe defender igual Allen, ou passar igual Conley.

    Mas o jogo do Grizzlies em questão, é muito forte no garrafão, o Gordinho-Sensação Zach Randolph, fez 20,1 e 12,2 rebotes na temporada regular, o Marc Gasol de 2,16m, teve médias de 11,7 pontos e 7 rebotes, em compensação eles deixam a desejar na defesa… o Randolph é por  que pesa mais que o Godzila e não tem fôlego para marcar e atacar… já o Marc é irmão do Pau Gasol… é um pouco menos ” soft”, mas ainda assim não é um defensor que intimide… Se no garrafão a defesa é peneira, no perímetro não dá para dizer o mesmo, Conley faz sua parte bem, Tony Allen é fudido na defesa… ele ano passado ainda no Celtics, deu um toco pra acabar com a cara do Pau Gasol, e ainda tem o cachorro Labrador do Shane Battier, experiente pode marcar Richard Jeferson facilmente, mas o titular da ala é o Sam Young, que mais ou menos faz sua parte… é um jogador que dá uma enterrada, acerta um arremesso bom,  mas não  é nem a unha encravada do dedo do pé do Rudy Gay, para isso tem o O.J Mayo, que mesmo sendo inconstante e displicente, consegue jogar bem. 

     Time Titular:

    Mike Conley (PG)

    Tony Allen ( SG)

    Sam Young ( SF)

    Zach Randolph ( PF)

    Marc Gasol ( C )

      Já no Spurs, Manu Ginobili é duvida para o primeiro jogo.. com o cotovelo machucado, ele pode até jogar, mas não será o Manu que todos conhecem, Tim Duncan já não é TIIIIIIIIM DUNCAN, o veterano prestes a completar 35 anos, teve uma temporada bem mais ou menos… jogando menos que 30 minutos por jogo, o ” The Big Fundamental”, teve as piores médias da carreira com 13.4 pontos e 8.9 rebotes.. claro que nos playoffs a conversa é outra, o velho jogará quase 40 minutos por jogo, mas não vejo Tim Duncan levando a melhor sobre Zach Randolph, na posição 5 outro veterano Antonio Mcdeyss, ele é bom na defesa, mas não da para esperar muito dele no ataque, seu objetivo será mais cansar Marc Gasol e Zach Randolph para Duncan poder jogar mais solto no ataque, a força desse time do Spurs com certeza está no perímetro, e nas bolas de 3, com Gary Neal e Matt Bonner vindos do banco com seus estilos doidos.. Neal comprimenta o vento na hora do lance-livre e Bonner parece o Scalabrine , tem ainda o Richard Jefferson que faz bastante bolas de 3 e é uma boa válvula de escape para o Spurs. Na armação o resto do Trio de Ferro, Ginobili é duvida, mesmo que ele não jogue, George Hill é um ótimo jogador, rápido e melhorando a cada dia seu arremesso, se Ginobili jogar o Spurs fica mais forte ainda, já que Tony Parker, ex-Eva Longolia ( maior burrada da sua vida largar essa deusa em…) tá jogando bem pra caramba e é melhor que o Mike Conley. O Brasileiro Tiago Splitter só vai jogar em situações em que o jogo já estará definido, Popovic não confia nele.

       Time Titular:

      Tony Parker ( PG)

      Manu Ginobili/ George Hill ( SG)

     Richard Jefferson ( SF)

      Tim Duncan ( Power Foward)

      Antonio Mcdeyss ( Center)

     Com bom jogo de perímetro acho que o Spurs leva a série por 4 a 2.

         Calendário:  

17/4 15:00 Memphis Grizzlies X San Antonio Spurs

20/04 21:30 Memphis Grizzlies X San Antonio Spurs

23/04 20:30 San Antonio Spurs X Memphis Grizzlies

25/04 San Atonio Spurs X Memphis Grizzlies

27/04 Memphis Grizzlies X San Antonio Spurs *

29/04 San Antonio Spurs X Memphis Grizzlies *

1/05 Memphis Grizzlies X San Antonio Spurs *

(* Se necessário)

%d blogueiros gostam disto: