Assinatura RSS

Kobe Bryant: A melhor época já foi…?

Publicado em

Kobe Bryant, Mike Brown

       Kobe: Eu to fudendo tudo, Mike: Vai, pode arremessar! ( Foto: La Times )

              Kobe Bryant, The Black Mamba, o Mr.Clutch,  será que tudo isso ficou no passado? Nesse temporada, ao que parece, Kobe não é mais o mesmo, não anda finalizando bem os jogos, continua forçando arremessos mais bestas que o pateta, enfim, vamos aos números dos últimos 5 minutos de cada um dos jogos do Lakers.

Contra o Chicago Bulls na abertura da temporada, o jogo estava pau-a-pau, o Lakers até melhor na partida, como Kobe foi nos últimos cinco minutos?  2-4 nos arremessos, sendo que ele errou os últimos  dois, faltando 24.9  e 1.o segundos, cometeu duas faltas, e fez dois turnovers, um crucial  faltando 16 segundos.  O Lakers perdeu por 88-87

Já contra o Sacramento Kings, o jogo pendendo para o time de Tyreke Evans, Kobe teve 0-2 nos arremessos, e cometeu um turnover, o jogo se decidiu antes do último minuto, Kobe não teve muito o que fazer. O Lakers perdeu por 100-91

Contra o Utah Jazz, no Staples Center, um passeio do time do Lakers, 96-71, o jogo não precisou ser decidido nos últimos cinco minutos, e Kobe teve 0-1 , mas saiu de quadra faltando  03:28, com o jogo já vencido.

Contra o Knicks de Carmelo Anthony, outro passeio do time de Los Angeles, 99-82, Kobe também não precisou forçar o jogo nos últimos cinco minutos, mesmo assim teve 0-1 nos arremessos.

Contra o Denver Nuggets no Staples Center, na volta de Andrew Bynum ( que brilhou, com 29 pontos e 13 rebotes), o jogo foi sim decidido nos últimos instantes, Kobe fez 3 pontos, todos em lances-livres, o camisa 24 converteu 3 dos 4 que tentou, não acertou nenhum arremesso nas suas duas tentativas, e cometeu um turnover a 50 segundos do fim. O Lakers ganhou por 92-89

No outro jogo contra o Denver, dessa vez no Pepsi Center, o jogo voltou a ser decidido nos minutos finais, Kobe teve o aproveitamento de 2-6 nos cinco minutos finais, além de cometer dois turnovers, o Lakers nessa partida perdeu por  99-90, e o camisa 24 teve o aproveitamento pifio, de 6-28 nos arremessos de quadra o jogo todo.

Bom, juntando todas as partidas nos cinco minutos finais, Kobe Bryant tem um número de 4-16 nas suas tentativas, que dá um total de 25% de acertos, um número bem abaixo do que ele é capaz. Eu como fanático pelo Lakers, estou preocupado, será que a lesão no pulso realmente está atrapalhando ele? A idade realmente chegou? O fato é que o camisa 24 está acertando menos de 20% das bolas de 3, 40% dos arremessos de quadra e 82% nos lances livres, tirando os lances livres, os outros são os piores números de Kobe na carreira, além dos 4,67 turnovers, outra pior marca da carreira.

Lógico que esses números irão melhorar, mas Kobe precisa sossegar o facho, e Mike Brown, que ao contrário de Phil Jackson, é muito explosivo, realmente cobrar, e não simplesmente passar a mão na cabeça do maior jogador da história do Los Angeles Lakers.

Lakers ou Clippers: Quem será o ator principal de Hollywood?

Publicado em

       Kobe: Que menino fofo, Blake: Fica esperto, velho

     Bom, que o Lakers é o mais vitorioso de Los Angeles, teve sempre os melhores jogadores ( Jerry West, Elgin Baylor, Wilt Chamberlain, Magic Johson e mais uma bíblia…), atualmente a estrela da compania  é Kobe Bryant, o fodão da NBA, só não é melhor que o Jordan, enfim todo mundo conhece a porra do Lakers, MAS existe outro time na cidade dos famosos, o saco de pancadas da NBA, nosso Los Angeles Clippers, que agora finalmente conseguiu um grande jogador, Chris Paul.

Chris Paul quase foi para o Lakers, a troca foi vetada, eu como torcedor do Lakers, fiquei puto da vida, mas entendi, imagine o Lakers mais forte e com mais uma estrela, iria enterrar o Clippers de vez e se tornar a melhor franquia da NBA absoluta, mas por “basketaball reasons” e David Stern ( O poderoso chefão da NBA) a troca foi vetada, ai o Clippers chegou lá, como uma criança bonitinha e pobre que pede presente para o tio rico, propôs a troca ao New Orleans Hornets, perdeu o promissor Eric Gordon, o já decadente e lindo Chris Kaman e a incógnita Al Farouq Aminu, e… BINGO, CP-3  é um Clipper.. o quê isso traz de bom… vamos analisar time por time…

O quinteto inicial do Clippers deve ser; Chris Paul, Mo Williams, Caron Butler, Blake Griffin e Deandre Jordan, ótimo, um time com um bom arremessador de 3, com um ala experiente e pontuador, com o melhor armador da NBA, com o  melhor novato da última temporada e com um pivô aparentemente promissor, ai vocês falam, esse time é para ser campeão, né? NÃO, ainda não, lógico que o Clippers deve se classificar, mas lembra que eu falei que eles são a maior chacota da história? Pois é… sempre dá algo errado, eles tem alguma maldição, mas não consideremos isso, o Clippers conseguiu montar um quinteto titular de respeito, mas tem sérios problemas no banco, Rand Foye e Ryan Gomes são piores que eu bêbado jogando, para o garrafão eles tem o Ike Diogu e o Brian Cook, não dá para confiar nem se eles fossem os últimos jogadores do mundo, tudo bem, tem o Chauncey Billups, um excelente armador, que não terá espaço, tem 35 anos e está puto da vida, vai dar uma ajuda minima, se o Clippers quiser realmente ser um time para ser campeão, terá que contratar mais opções no banco.

Ainda assim o Clippers pode ter se fudido, o CP-3 tem contrato para essa e para a próxima temporada, sendo que a próxima é opção dele, mas que eles já se comprometeu a aceitar, mas se o Clippers não der certo, emplacar um bom time, com certeza o nosso ligeirinho vai zarpar e o Clippers continuará a ser o primo miserável de Los Angeles.

Agora vamos falar do Lakers, o fodão da cidade, os jogadores comem as mulheres que querem, é fodão, todo mundo conhece, sempre teve tudo o que quis, dessa vez tomou no cu, o plano era adquirir CP-3 e Dwight Howard, Paul quase veio, foi vetado pela NBA, com Howard o Lakers terá que esperar um pouco, já que o Orlando disse que não o negocia até o final de semana das estrelas, o quinteto titular do Lakers será: Fisher, Kobe, Barnes, Gasol e Bynum, o mesmo de sempre, o Artest virá do banco por opção, mas algumas mudanças ocorreram e ruins, o Lakers tinha o plano de mandar Lamar Odom ao Hornets, mas com a troca vetada, Odom deu piti e foi para o Dallas por uma trade exeption ( é chato para caralho explicar o que é isso e eu nem sei direito), o que causou revolta ao nosso Kobe Bryant, o garrafão do time continua fantástico, o melhor da NBA, ainda tem o Kobe Bryant que aos 33 anos consegue manter um bom nível, o Derek Fisher é o ponto fraco da equipe, velho, lento, só não sei tá impotente, temos que perguntar a mulher dele, o banco sem o Odom enfraqueceu, ai o Lakers trouxe o Josh McRoberts, um bom defensor, alto, forte, arremessa razoavelmente, era o jogador alto que o Lakers precisava para o garrafão, se não perdesse o Odom, o Mcbob é bem pior que o cara que pega a Khloe Kardashian, ai o Lakers contratou o Troy Murphy, que não é mais o que ele já foi, mas se estiver disposto pode ajudar, perdeu o menino voador, Shannon Brown que desafogava o time nos contra-ataques, trouxe o especialista de 3 pontos, Jason Kapono, ele só arremessa nem andar sabe, mas arremessa muito bem, deve resolver o problema, e na armação que mora o problema, Steve Blake não convenceu nem a mãe, ele é até bonzinho, mas não se deu bem no Lakers, a outra opção é o novato Darrius Morris, que me parece um bom jogador, mas não jogará logo agora,  tem só 20 anos, pode vir a ser, mas não é, ainda é um time competitivo que pode sim brigar pelo título, mas que se enfraqueceu.

O que todos discutem do Lakers, é a forma de jogar, o treinador Phil Jackson o maior da história, por Mike Brown, um treinador que é revoltadinho grita para caralho e só sabe armar defesa, era a putinha do Lebron no Cavs, armava o esquema isolation, ou seja a bola na mão do Lebron, ele faz o que quer e já era, o Lebron ainda está na casa dos 26 anos, o Kobe já tem 33, não tem mais ritimo para jogar sozinho, com Phil Jackson o Lakers usava o triângulo ofensivo, agora Brown disse que o Lakers se focará no garrafão, com Kobe sendo segunda opção no ataque… Veremos!

Então, o Lakers ainda é mais forte, os jogadores são mais fedidos, pegam as mais gostosas, ainda manda naquela joça de cidade, mas agora tem um rival, o Clippers não está para brincadeira, pegou o trilho certo, um certeza todos tem, o melhor basquete da NBA está em Los Angeles, o foco das atenções é a cidade dos famosos do cinema, o Lakers é o ator principal, mas o Clippers já é um co-protagonista que está prontinho para roubar o papel principal.

 

Nenê se torna Free-Agent e Greg Oden deve ficar em Portland

Publicado em

        Como já era de se esperar o brasileiro ( ou nascido no Brasil que tem vergonha disso) Nenê Hilário, não exerceu a opção de continuar no seu contrato por mais um ano e rescindiu o mesmo, ele deixará de ganhar 11,6 milhões de dólares para ser free-agent.

Pode ser a maior burrada da vida do Nenê… como andam as negociações os salários dos jogadores devem cair substancialmente e o Nenê dificilmente, apesar de ser o melhor free agent desse ano, receberá uma proposta tão boa assim, o paulista de São Carlos deve ser procurado por Miami Heat, Golden State Warriors e outros times que tem um fraco garrafão, segundo as informações ele estava infeliz em Denver, quer respirar novos ares, então Boa Sorte a Nenê!

Outro pivô, Greg Oden, deverá continuar no seu Portland Trailblazers que  fez a oferta qualificatória de 8,8 milhões fazendo-o free agent restrito, a primeira escolha do Draft de 2007, jogou um total de 82 jogos nesses 5 anos… depois os donos reclamam que perdem dinheiro…

Fim do Sonho do Flamengo: Leandrinho fica no Raptors para a temporada 2011/12

Publicado em

       Eu não sou trouxa de jogar fora US$ 7,6 mi, e pelo visto nem o Leandrinho, mesmo sendo reserva em um dos piores times da liga, o brasileiro, decidiu exercer a opção de seu contrato e continuar em Toronto. Primeiramente foi bom para o Leandrinho porque do que jeito que as negociações andam para um novo acordo coletivo da NBA, o seu salário no mercado seria bem a baixo disso, segundo, vir para o Flamengo, de onde você tirou essa meninão, vai para Europa, caso a greve realmente aconteça, terceiro,  ele pega a Samara Felippo, ela não é uma Grazi Massafera, mas é boa.

O Leandrinho vem sofrendo com problemas no punho, mas ESPERO, que isso não o tire da seleção para o Pré-Olímpico, já que o Nenê pediu dispensa ( surpresa né?, mais que do que falar que a água é molhado e o mel melado) e o Varejão apesar de seu inegável esforço, não deve ter tempo de se recuperar, então  só teríamos Leandrinho e Tiago Splitter da NBA, além do Paulão e do Huertas que são jogadores de nível da NBA. E aí acham que foi bom o Leandrinho ter continuado no Raptors para ser reserva, ou era melhor ele ter voltado ao Brasil ou Europa, ou ainda procurar um time com chances de ser campeão para jogar

O Draft veio e nenhum troca aconteceu no Lakers… será que ainda teremos uma grande troca?

Publicado em

Gasol precisa estar com essa vibração para o Lakers ganhar

               Muitas vezes o Lakers por ser o Lakers é  muito envolvido e rumores e todos caem, Varejão, Derrick Williams, Kevin Love, Monta Ellis, Dwight Howard entre outros foram envolvidos em trocas que os levariam ao Lakers, na verdade o Lakers é mais envolvido em rumor de troca que a Vivi Fernandez aparece em filme pornô.

Mas enfim a única coisa que realmente mudou é que o Lakers parece que quer reduzir muito os minutos do Fisher e do Kobe, draftou uma boa dupla de armadores para o banco, no free-agency market o Lakers não tem muitas opções, nem sabemos como será… se não tivermos a mid-level -exeption o Lakers não vai ter espaço nenhum na sua folha salarial, mas não sabemos como será, de qualquer forma se o Morris não der certo, o Lakers quer se livrar do Blake mais do que o Fabio Junior se casa, temos ai um Micheal Redd que pode ser o desafogo para quando o Kobe estiver no banco, o Yi Jianlian que não se acertou em nenhum time pode ser uma boa opção para o garrafão, quem sabe pegar o J.J Barea ou o Deshawn Stevenson para darem aquela levantada no time que vem do banco, o fato é que Gasol, Bynum ou Odom não devem ser envolvidos em trocas como foi citado antes, nesse momento o elenco do Lakers é esse:

PG: Fisher, Blake, Morris**

SG: Bryant, Brown* e Goudelock**

SF: Ebanks, Artest,  Barnes e Walton

PF: Gasol, Odom e Caracter

C: Andrew Bynum

 

Então claramente o Lakers precisa de um reserva para o Bynum, já que o Caracter é baixo e gordo, o Lakers vai tentar se livrar do Luke Walton, mas achar algum psicopata que banque seu salário é meio dificil, para a reserva do Bynum, tentaria o free-agent Chris Wilcox ou o veterano Kurt Thomas, o importante é que as mudanças serão mais no jeito de jogar, o time terá o garrafão sendo explorado de mais, Gasol se jogar o que sabe pode se dar muito bem, Bynum caso não sofra com lesões é bem capaz que seja all-star, Lamar Odom pode manter seu bom nível vindo do banco, um cara que eu pessoalmente acho que o Lakers deveria dar espaço é para o Devin Ebanks o irmão perdido do Ariza, no pouco tempo que teve sempre demonstrou alguma coisa boa, é o atleticismo que falta ao perímetro defensivo do Lakers, um cara para enterrar no contra-ataque e acabar com a apatia do time, mas o problema de verdade do Lakers mora na armação, Fisher não arma nem jogo de dama, Blake coitado, pensa que está pescando enquanto joga, quem sabe o Morris resolva esse problema por ser bem mais jovem e gosta de acelerar o jogo com uma boa distribuição de jogo e o outro novato Goudelock pode fazer as bolas de 3 que não caem desde a  época que o Vujacic não pegava a Sharapova, Mike Brown veio para melhorar os dois problemas dos Lakers, a defesa do perímetro e  o jogo de ataque ( não toca a bola pro Kobe e já era), se ele usar o Gasol e o Bynum como o Orlando usa o Howard o Lakers pode se dar bem, principalmente porque o Gasol passa muito bem a bola, e com um bom arremessador do perímetro ele ganha bem mais confiança para passar, na defesa o Fisher e o Blake não fazem nada, o Morris pode ser a salvação, embora tenha sido apenas a 41ª escolha, Morris já foi especulado na primeira rodada, mas ainda o acham muito verde para a NBA, por isso caiu tanto assim no draft, e o Kobe apesar de tudo precisar marcar também…  embora eu acho que o Lakers deve fazer com o Kobe o que o Spurs fez com o Duncan esse ano, vamos ver, o draft me deixou um pouco animado, vamos ver como o Lakers se movimenta a partir de 1º de julho quando abre o mercado de free agents ( caso não haja um lock-out).

E vocês mudariam muita coisa no Lakers, acham que assim está bom, que o esquema  do Brown vai ser legal?

Kyrie Irving e Tristan Tomphson são as esperanças do Cavs para voltar ao caminho das vitórias

Publicado em

Certamente esse era o dia mais esperado para a torcida do Cavs, que sofreu muito na última temporada, primeiro por perder o astro local, Lebron James, depois por fazer uma campanha rídicula, que só não foi pior que a do Wolves ( é impossível ser pior que o Wolves né, nem o Clippers consegue isso), mas veio então o draft, que após a derrota para o do Lebron, que dizer Heat, para o Dallas  deve ter sido o dia mais feliz no estado de Ohio.

Muitos estavam em dúvida se o Cavs iria apostar no jovem de apenas 19 anos nascido na Austrália, Kyrie Irving, que participou de 11 jogos por Duke, ou no ala que chegou no Final4 por Arizona, Derrick Williams,  o Cavs  jogou a moedinha e escolheu o armador de Duke, que é um brilhante jogador, mas que apresentou probelmas físicos, é uma aposta de risco, ele pode sofrer um processo similar ao do Evan Turner que só se achou quando entrou em forma e ajudou o 76ers, levando até a franquia da Pensilvânia, pensar seriamente em trocar Andre Iguodala para dar espaço a Turner.

Já na quarta escolha, que muitos apostavam em Enes Kanter, que saiu na 3ª escolha para o Utah Jazz, o outro nome era de Jonas Valanciunas, mas o risco de o Lituano vir jogar na NBA só da qui 2 temporadas, pesou na decisão da equipe em selecionar Tristan Tomphson, que nasceu no Canadá e jogou por Texas  na última temporada, muitos inclusive eu, acham que o Cavs fez uma besteira nível Milicic ou Baby, outros que Tomphson pode se desenvolver, mas resta saber em que posição ele jogará, já que não é um jogador que seja rápido o suficiente para jogar de ala, ou tenha um bom jogo de garrafão para jogar de ala-pivô… mas se o Cavs o escolheu eles devem saber o que estão fazendo.

Resumindo, acho que o Irving já chega para meter a camisa e ser um jogador impactante, Ramon Sessions deve rodar ( acho ele um bom armador) e Baron Davis deve ser um jogador para ser o tutor de Irving, ele é muito rápido, líder, e tem o espírito de campeão, já o Tristan Tomphson deve ser titular na posição 3, não é um cara que me inspire confiança… acho que o time titular do Cavs fica: Irving, Parker, Tomphson, Hickson e Varejão… ainda acho que o Cavs vai fazer alguma troca, já que tem o Jamisson e o Sessions como boas moedas para conseguir um ala-armador, e talvez brigar pelos playoffs.. embora acho que nessa temporada não vão ganhar nada… mas não serão ridiculos como foram esse ano.

E vocês, confiam nas escolhas do Cavs e o que acha que falta para eles voltarem aos dias de glórias e ganharem o título antes do Lebron?

Lista completa do Draft 2011 da NBA

Publicado em

     

As duas primeiras opções foram óbvias, mas a partir daí o draft virou uma doideira, algumas trocas ocorreram, as principais, foram envolvendo o Bucks, o Kings e o Cats, e a outra envolvendo Nuggets, Blazers e o campeão Mavericks, na primeira o Bucks recebeu Beno Udrih ( Kings), Stephen Jackson ( Cats) e Shaun Livignston ( Cats) e a Tobias Harris 19ª escolha do Cats, já o Cats receberam a sétima escolha do Kings, Bismark Byombo e Correy Maggette do Bucks, já o Kings receberam  John Salmons do Bucks e Jimmer Fredette a décima escolha do draft pelo time de Milwake,  já o Nuggets recebeu  Andre Miller do Blazers, a 26ª escolha do Dallas, Jordan Hamilton, o Mavs receberam Rudy Fernandez do Portland e  o time do Blazers receberam Raymond Felton do Nuggets.

A Lista do Draft

1- Cleveland – Kyrie Irving, armador, Duke
2- Minnesota – Derrick Williams, ala, Arizona
3- Utah – Enes Kanter, pivô, Kentucky (Turquia)
4- Cleveland – Tristan Thompson, ala-pivô, Texas
5- Toronto – Jonas Valanciunas, pivô, Lituânia
6- Washington – Jan Vesely, ala, República Tcheca
7- Kings – Bismack Biyombo, ala-pivô, Congo ( Trocado com o Cats)
8- Detroit – Brandon Knight, armador, Kentucky
9- Charlotte – Kemba Walker, armador, Connecticut
10- Bucks – Jimmer Fredette, armador, BYU ( Trocado com o Kings)
11- Golden State – Klay Thompson, ala-armador, Washington St.
12- Utah – Alec Burks, ala-armador, Colorado
13- Phoenix – Markieff Morris, ala-pivô, Kansas
14- Houston – Marcus Morris, ala, Kansas
15- Indiana – Kawhi Leonard, ala, San Diego St. ( Trocado com o Spurs)
16- Philadelphia – Nikola Vucevic, pivô, USC
17- New York – Iman Shumpert, armador, Georgia Tech
18- Washington – Chris Singleton, ala, Florida St.
19- Charlotte – Tobias Harris, ala, Tennessee ( Trocado com o Bucks)
20- Minnesota – Donatas Motiejunas, ala-pivô, Lituânia
21- Portland – Nolan Smith, armador, Duke
22- Denver – Kenneth Faried, ala, Morehead St.
23- Houston – Nikola Mirotic, ala-pivô, Montenegro ( Trocado com o Wolves)
24- Oklahoma City – Reggie Jackson, armador, Boston College
25- Boston – MarShon Brooks, armador, Providence ( Trocado com o Nets)
26- Dallas – Jordan Hamilton, ala, Texas ( Trocado com o Nuggets)
27- New Jersey – JaJuan Johnson, ala, Purdue ( Trocado com o Celtics)
28- Minnesota – Norris Cole, armador, Cleveland St. ( Trocado com o Heat)
29- San Antonio – Cory Joseph, armador, Texas
30- Chicago – Jimmy Butler, ala, Marquette
31- Miami – Bojan Bogdanovic, armador, Croácia ( Trocado com o Wolves, depois com o Nets)
32- Cleveland – Justin Harper, ala, Richmond ( Trocado com o Magic)
33- Detroit – Kyle Singler, ala, Duke
34- Washington –  Shelvin Mack, armador, Butler
35- Sacramento – Tyler Honeycutt, ala, UCLA
36- New Jersey – Jordan Williams, ala, Maryland
37- L.A. Clippers – Trey Thompkins, ala-pivô, Georgia
38- Houston – Chandler Parsons, ala, Florida ( Trocado com o Wolves)
39- Charlotte – Jeremy Tyler, pivô, Tokio Apache (Japão) ( Trocado com o Warriors)
40- Milwaukee – Jon Leuer, ala, Wisconsin
41- L.A. Lakers – Darius Morris, armador, Michigan
42- Indiana – Davis Bertans, ala, Letônia ( Trocado com o Spurs)
43- Minnesota – Malcolm Lee, armador, UCLA
44- Golden State – Charles Jenkins, armador, Hofstra
45- New Orleans – Josh Harrison, pivô, Kentucky ( Trocado com o Knicks )

46- L.A. Lakers – Andrew Goudelock, armador, Charleston

47- L.A. Clippers – Travis Leslie, ala-armador, Georgia
48- Atlanta – Keith Benson, pivô, Oakland
49- Memphis – Josh Selby, armador, Kansas
50- Philadelphia – Lavoy Allen, ala, Temple
51- Portland – John Diebler, armador, Ohio St.
52- Detroit – Vernon Macklin, ala, Florida
53- Orlando – DeAndre Liggins, armador, Kentucky
54- Cleveland – Milan Macvan, ala, Sérvia
55- Boston – E’Twaun Moore, ala-armador, Purdue
56- L.A. Lakers – Chukwudiebere Maduabum, ala, NBDL ( Trocado com o Nuggets)

57- Dallas – Tangay Ngombo, ala, Congo ( Trocado com o Blazzers)
58- L.A. Lakers – Ater Majok, ala-pivô, Sudão
59- San Antonio – Adam Hanga, armador, Hungria
60- Sacramento – Isiah Thomas, armador, Washington

%d blogueiros gostam disto: