Assinatura RSS

Arquivo da tag: Cavs

Kyrie Irving e Tristan Tomphson são as esperanças do Cavs para voltar ao caminho das vitórias

Publicado em

Certamente esse era o dia mais esperado para a torcida do Cavs, que sofreu muito na última temporada, primeiro por perder o astro local, Lebron James, depois por fazer uma campanha rídicula, que só não foi pior que a do Wolves ( é impossível ser pior que o Wolves né, nem o Clippers consegue isso), mas veio então o draft, que após a derrota para o do Lebron, que dizer Heat, para o Dallas  deve ter sido o dia mais feliz no estado de Ohio.

Muitos estavam em dúvida se o Cavs iria apostar no jovem de apenas 19 anos nascido na Austrália, Kyrie Irving, que participou de 11 jogos por Duke, ou no ala que chegou no Final4 por Arizona, Derrick Williams,  o Cavs  jogou a moedinha e escolheu o armador de Duke, que é um brilhante jogador, mas que apresentou probelmas físicos, é uma aposta de risco, ele pode sofrer um processo similar ao do Evan Turner que só se achou quando entrou em forma e ajudou o 76ers, levando até a franquia da Pensilvânia, pensar seriamente em trocar Andre Iguodala para dar espaço a Turner.

Já na quarta escolha, que muitos apostavam em Enes Kanter, que saiu na 3ª escolha para o Utah Jazz, o outro nome era de Jonas Valanciunas, mas o risco de o Lituano vir jogar na NBA só da qui 2 temporadas, pesou na decisão da equipe em selecionar Tristan Tomphson, que nasceu no Canadá e jogou por Texas  na última temporada, muitos inclusive eu, acham que o Cavs fez uma besteira nível Milicic ou Baby, outros que Tomphson pode se desenvolver, mas resta saber em que posição ele jogará, já que não é um jogador que seja rápido o suficiente para jogar de ala, ou tenha um bom jogo de garrafão para jogar de ala-pivô… mas se o Cavs o escolheu eles devem saber o que estão fazendo.

Resumindo, acho que o Irving já chega para meter a camisa e ser um jogador impactante, Ramon Sessions deve rodar ( acho ele um bom armador) e Baron Davis deve ser um jogador para ser o tutor de Irving, ele é muito rápido, líder, e tem o espírito de campeão, já o Tristan Tomphson deve ser titular na posição 3, não é um cara que me inspire confiança… acho que o time titular do Cavs fica: Irving, Parker, Tomphson, Hickson e Varejão… ainda acho que o Cavs vai fazer alguma troca, já que tem o Jamisson e o Sessions como boas moedas para conseguir um ala-armador, e talvez brigar pelos playoffs.. embora acho que nessa temporada não vão ganhar nada… mas não serão ridiculos como foram esse ano.

E vocês, confiam nas escolhas do Cavs e o que acha que falta para eles voltarem aos dias de glórias e ganharem o título antes do Lebron?

Lakers massacra “ex-time”…

Publicado em

     

         Era bom quando tinha o Lebron James...

         Cara, assisti ao jogo todo, todo mesmo,  e sério senti vontade de ser jogador da NBA, um time que tem Manny Harris, Alonso Gee, Samardo Samuels, Cristian Eyenga, Ryan Hollins e mais umas feras aí… ahhh mas num quero ser jogador não…  tá então vou continuar a escrever esse post…

     Bom vamos começar, quando no título coloquei, “ex-time” não quer se referir a ex-time do Lebron James, e sim a um ex-time de basquete, com todo respeito mas esses jogadores ai, não tem condição de jogarem no Vitória do NBB, desse time do Cavs, só se aproveita para uma reconstrução, o J.J Hickson e o Ramon Sessions.

    Mas eu to a fim de contar a história do time do Cavs, tudo começou quando o Lebron James se mandou, o time não era Cavaliers, mas sim Lebron e 4 cones para completar, saindo o Lebron só sobrou os cones, o time que  era bom, se tornou piada, mas até no começo da temporada, com o brilhante treinador Byron Scott rendia alguma coisa, venceu até o Boston Celtics, mas eu, você, o zobomafoo, o coelinho da pascoa e minha vó, sabemos que a moral do Cavs se acabou com o massacre sofrido em Cleveland, para Lebron James e o Miami Heat, o time perdeu uns 10 jogos, e eu acompanhei bastante jogos do Cavs ( me arrependi, podia ter visto Tom e Jerry), o time só tinha uma jogada, o pick-and-roll que o Mo Williams infiltrava com os bloqueios do Varejão, o time até conseguia equilibrar alguns jogos, porque o Varejão salvava o time na defesa, visto que ele parou Dwight Howard e Amar’e Stoudemire, mas a situação só piorou porque o Coisa Selvagem não joga mais nessa temporada. O Cavs terá a pior campanha da NBA, provavelmente vai ter a primeira escolha do Draft, não estou acompanhando a NCAA então não sei se dizer, se será o novo “King” de Cleveland.

    Agora vamos falar um pouco do jogo ( teve?), o Lakers não forçou em nenhum momento, desde o primeiro quarto o Lakers jogou sem forçar, Kobe não aremessava ( não, eu não to brincando, ele passou o primeiro tempo com 2 aremessos apenas), o Lakers brincava de jogar, o Kobe passava pro Fisher, o Fisher pro Artest, do Artest pro Gasol e do Gasol para o Bynum toda hora, dava dó do Cavs, no ataque, eles chegavam embaixo da cesta, o Gasol ( que é ruim na defesa, parecia o Ben Wallace na fase boa), ele levantava o braço e o Cavs não pontuava, era feio de mais, o time do Lakers, colocou os reservas e nada mudou, o time de L.A foi para o intervalo, vencendo por 57-25.

    Segundo tempo e nada mudou, o Kobe quis fazer uns pontinhos, o Bynum parecia o Wilt Chamberlain no garrafão, o Luke Walton fazia cestas ( se o Walton tivesse no Cavs, seria ” King Walton”, para ver o nível do time), o Odom jogava dando risada, o Ron Artest, lembrava o Reggie Miller e o Pau Gasol parecia o Karl Malone, o Lakers humilhou no terceiro período no último segundo Shannon Brown fez uma cesta do meio da quadra levando o placar para 92-41. No último quarto, o Devin Ebanks, o Jason Smith e o Derrick Caracter, brincaram um pouquinho, mesmo assim eles eram um milhão de vezes melhores que os jogadores do Cavs, inicrível, o Lakers não forçou em nenhum segundo e humilhou por  112-57.

   Triste para o Cavs, Kobe ficou com dó de seu ” irmão mais velho” Byron Scott. Palpite meu, o Byron Scott sai de Cleveland no final da temporada e treina o Lakers.

    Melhores Momentos:

   

Fim da temporada para Anderson Varejão…

Publicado em

             Caramba será que o Lebron jogou uma maldição no Cavs?                                            

      O ano definitivamente não começou bem  para Anderson Varejão, o brasileiro que vive a melhor fase da carreira apesar de seu time estar horrível, não jogará mais na temporada, talvez nem o pré-olimpico de Agosto, o capixaba sofreu uma fratura total no perônio, um osso da perna e ja é certo o “season end”.

     Anderson ” The Wild Thing” vinha com sólidos números de 9.1 pontos e  9.7 rebotes, além de 1.2 e 1.5 assistências, despertando interesse de outras franquias como New York Knicks e Denver Nuggets.

   Vamos deixar uma mensagem de apoio para o Coisa Selvagem se recuperar rápido que as expectativas e jogar no pré-olímpico e levar o Brasil para as olímpadas!

Varejão em NY?

Publicado em
De Mudança, Andy?

Apesar da péssima temporada do Cleveland Cavaliers, uma das poucas alegrias da torcida de Cleveland vem do brasileiro Anderson Varejão, mas esses momentos podem estar com os dias contados. Isso porque Mike D’antoni, treinador do Knicks, disse que seu garrafão está muito fraco, após o brilhante trabalho  que ele fez contra Amar’e Stoudemire, o técnico gostou e segundo a mídia dos E.U.A tem interesse nele.

A troca envolveria também o armador Daniel Gibson, claro isso é apenas um rumor, pode ter fundamento ou não… apenas o tempo irá dizer. Varejão vem com médias de  9,4 pontos e 9,6 rebotes em 31 minutos de ação por partida.

De qualquer forma, o que importa é a brilhante temporada do brasileiro, que vem atraindo os holofotes, mesmo com a péssima temporada de sua equipe, mas que seria legal ver Varejão em um grande centro, ahhhh isso seria.

Fonte: IgEsporte

Surpresas e Decepções dos playoffs da NBA…

Publicado em

 

        Bom com o fim da NBA e meu Lakers campeão decidi fazer um post sobre as Surpresas e Decepções desses playoffs.

   Decepções

   Não dá para negar que a maior decepção de todas foi a maior decepção do lado Leste, o time de mehor campanha da temporada não chegou nem as finais de conferência sendo eliminado pelo Boston Celtics na semi, uma baita de uma decepção em Cleveland, timedo MVP Lebron James, James que para mim foi a grande decepção, você me pergunta por que achar isso de um cara que fez quase 30 pontos por jogo. Simples!! Ele não é um cara que saiba lidar com a pressão e muito menos com as lesões.

    No lado Oeste o Denver Nuggets para mim foi a grande decepção sendo eliminado na primeira rodada dos playoffs, com Nenê e Billups devendo basquete.

Surpresas

    Bom em uma final entre Lakers e Celtics não dá para dizer que um desses foi surpresa, mas o jogador sensação desses playoffs foi o Rajon Rondo, muleque jogou muito melhor armador dos playoffs sem a menor dúvida.

   O time surpresa foi o Phoenix Suns, conseguiu eliminar os Spurs por 4 a 0 e dar trabalho ao Lakers, Stoudemire jogou muito fez 42 pontos em uma partida contra o Lakers.

 Fique de olho: Oklahoma City Thunder, bom time deu um baita trabalho ao Lakers com o Lakers vencendo a série só no jogo 6 por 1 ponto, Kevin Durant, Russell Westbrook e Jeff Green ainda vão dar o que falar na NBA.

    Brandon Jennings para mim o ROY( Rookie  of Year) era para ser dele, o Milwake Bucks conseguiu forçar o sétimo jogo contra o Atlante e Jennings anotar 34 pontos em um jogo.Com  Andrew Bogut que não jogou os playoffs, Brandon Jennings um companheiro para Jennings na armação e um ala de força para ajudar Bogut esse time do Bucks vai encher os olhos.

    E aí gostaram da analise? Concordam ou Discordam? Opinem!!!!

Phil Jackson em Cleveland?

Publicado em

       

    Talvez não seja a hora certa para falar disso, mas o Mercado da NBA está quente e uma das grandes especulações envolve o nosso Lakers.

    Phil Jackson, incontestavelmente o melhor treinador da história da NBA, treinou simplesmente o Chicago Bulls de Scott Pipen e Michel Jordan, com eles teve a melhor campanha da história da NBA com 72-10 e ainda ganhou 6 títulos com o time de Illinois.

    Já no Lakers treinou outro grande time, dessa vez com Kobe Bryant e Shaquille O’neal como estrelas, ganhou três tituloscom essa dupla, saiu, voltou e ganhou mais um título dessa  vez com Kobe Bryant tendo Pau Gasol como principal companheiro.

    Claro que tem muito água para rolar, mas um coisa que pode e deve definir o futuro de Phil é o Lakers ser campeão ou não, mas de qualquer jeito já começaram as especulções que o Cleveland está de olho no Mestre Zen.

    Phil recentemente falou que não aceita a redução salarial proposta pelo Lakers.

    Lebron James é louco para trabalhar com Phil Jackson, Dan Ferry dono dos Cavs quer manter Lebron a qualquer custo e trazer Jackson seria um trunfo para Lebron continuar em Ohio. 

     É bastante improvavel mas como diria o ditado ” no balanço das horas tudo pode mudar”… Vamos esperar…  

O Desmanche já começou: Mike Brown diz adeus ao Cavs…

Publicado em

   

      

       

   Após ser eliminado duas vezes com o time de melhor campanha e ainda com o MVP da temporada regular, o técnico Mike Brown foi demitido nesse domingo do cargo de treinador principal do Cavs.

    Ele foi quem participou de grande parte da evolução do astro Lebron James e na aposta no brasileiro Anderson Varejão, além disso foi o técnico  que conseguiu o maior percentual de vitórias com o Cavs, com 66% e ainda foi o único treinador do Cavs a conseguir mais de 60 vitórias em duas temporadas seguidas.

   Nomes ja foram especulados, o principal é o treinador de Duke, Mike Krzyzewski, que trabalha com Lebron James na seleção dos E.U.A e seria uma boa opção para manter James.

   Outro nome só que bem improvavel é o de Phill Jackson, que caso não ganhe o título e não receba o salário que pede, pode estar de saída do Los Angeles Lakers.

   Bom a remontagem do Cavs começou…

%d blogueiros gostam disto: